terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Um breve resumo e critica do conto Nas Montanhas da Loucura de H.P. Lovecraft

Diferente do conto de Lovecraft, a Antártida não tem montanhas tão altas como o autor relata. Na imagem vemos grandes bloco de gelo. O continente tem sim montanhas altas, mas nada que se compare as já conhecidas.

Os grandes autores e diretores da ficção cientifica sempre citam Howard Phillips Lovecraft como sendo o autor que os inspirou. Agora que li Nas Montanhas da Loucura, realmente vi que filmes como A Coisa (1982), Alien: O Oitavo Passageiro (1979) e até mesmo o jogo Dead Space não passam de migalhas comparados ao universo inteiro que Lovecraft a vida inteira trabalhou, tendo a fama de amador e sendo rejeitado pelo grande público em vida.

ESSE POST CONTÉM SPOILER!

Narrativa cansativa e poética

O problema das narrativas de Lovecraft é que são sempre em 1ª pessoa, daí a fama de amador que levou, porque de fato era Lovecraft que vivia aquelas aventuras e não seus personagens.

Não existem diálogos e Lovecraft faz uma narrativa um tanto poética, fica visível a influencia de Allan Poe em suas narrativas. Ele poderia ter amenizado isso colocando diálogos, notas no rodapé e sendo mais breve e conciso. Fica claro do porquê Lovecraft foi rejeitado pelo grande público: ele usava uma narrativa poética e um pouco culta demais para os padrões do grande público.

A imaginação universal

Se Lovecraft tem uma narrativa densa que talvez seja mais acessível aos poetas e apreciadores dos romances clássicos, a fantasia de seus livros conseguem ser acessíveis à todos. Quem não gosta de uma boa história de ficção cientifica?

O recomendável seria que todo o adolescente lesse Lovecraft antes de assistir esses filmecos como A Coisa e Alien, que são cópias mal-feitas e baratas do trabalho de Lovecraft. Infelizmente no Brasil o gosto pela leitura e sobretudo pelo conhecimento é visto como uma ameaça pelo governo tirânico que temos, muito associado ao socialismo.

Um conto de aventura e não de terror

Não há terror ou horror na história de Lovecraft, ele realmente tenta colocar um horror; mas no fim acaba sendo um conto de ficção cientifica e nada além disso. Nota-se que o autor se inspirou em A Viagem ao Centro da Terra de Verne, em A Guerra dos Mundos e em A Ilha do Dr Moreau, ambos de HG Wells; mas inspiração não é plágio!

A ideia de aliens viverem no subterrâneo da Terra é antiga, assim como a teoria da terra oca. A mitologia indiana, por exemplo, fala dos nagas, uma espécie estranha de seres que da cintura pra baixo tem corpo de cobra e da cintura pra cima são humanoides e que vivem no subterrâneo da Terra.

ATENÇÃO: esse é um breve e mal-feito trecho resumido feito para fazer com que você se sinta entusiasmado para ler o conto original para tirar suas próprias conclusões. A história não está completa! Se quiser saber todos os detalhes, incluindo inicio e o final da história: RECOMENDO LER O CONTO!


Atlântida de alienígenas feiosos e seu declínio

O melhor no conto é quando eles interpretam pinturas e relevos nas paredes das cavernas que contam de uma raça alienígena (chamada de Antigos) que veio dos confins do espaço-tempo e por aqui viveu antes mesmo dos dinossauros surgirem e com o tempo uma segunda espécie alien veio das estrelas e entrou em guerra com os Antigos, essa segunda espécie é a de Cthulhu, e baniu-os para os confins da Terra.

Surgiu logo depois uma terceira espécie alien, esta vinda de Plutão, e que se assemelhava ao abominável homem-das-neves. No fim os aliens Antigos conseguiram sobreviver incrivelmente e em guerra com essas duas outras espécies. Contudo o que levou ao seu declínio foi a criação de uma espécie de escravos que viria no final causar sua extinção.

Vimos essa mesma revolução social em A Ilha do Dr Moreau e muitas décadas depois do conto de Lovecraft em O Planeta dos Macacos do autor francês Pierre Boulle, possivelmente baseado na Revolução Francesa.

O notável é que Lovecraft coloca seus alienígenas como verdadeiros alienígenas mesmo, nenhum pouco bonitos ou elegantes. Ao mesmo passo que os Antigos são inteligentes e altamente telepatas, são feiosos e quase assexuados.



Um conto recomendável e necessário

O único problema do conto, como já disse, é sua narrativa. O resto é sensacional. Lovecraft lança ao mesmo tempo um questionamento sobre o uso indevido da tecnologia e a visão de que o homem não sabe de nada! Somos como ratos num planeta que mal conhecemos e a ciência é a nova religião, cheia de tabus e devaneios.

Desenho de um Antigo, um dos aliens que aparecem no conto. Diferente do alien de O Chamado de Cthulhu, esse é de uma espécie diferente e um tanto superior.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Por que nossos policiais não podem usar bermudas no verão?

Policiais noruegueses viralizaram na internet por conta de seus trajes de bicicleta.

Fonte da imagem: 
Toni Kaarttinen no Flickr

Ainda há esse pensamento medieval de que cobrir as pernas é sinal de respeito e elegância, mas num calor de 40º e num país tropical como o nosso isso vale?
Não são só os policiais que sofrem porque tem que usar calças no calor, mas diversos servidores desde públicos a privados e olha que o problema não é só brasileiro. 

No Reino Unido em ato de protesto meninos foram de saias para escola, porque bermudas não eram permitidas. O mesmo ocorreu no Rio de Janeiro quando um servidor público também proibido de usar bermuda foi de saia para o trabalho. Os dois casos ocorreram não por vaidade (eles não queriam mostrar suas pernas), mas sim por causa do calor!

Lembramos que alguns exploradores britânicos no século XX (20) adotaram bermudas por conta do calor de certas regiões como Índia e África do Sul. A imagem do caçador indiano de bermudas tem origem no traje usado pelos britânicos durante o domínio britânico na Índia do século XIX (19) e XX (20).


Fontes das imagens:

Já em países civilizados como a Noruega os policiais não só usam roupas mais curtas no verão como também adaptáveis para poderem correr, andar melhor e de bicicleta.

O “politicamente correto” foi responsável pela caça às bruxas, pelo holocausto e pelas vítimas do comunismo global. Veremos quando o islã chegar no Brasil, aí as mulheres terão que usar burca e os homens o thobe! Sim, porque o islã dá onde há ignorância e falta de justiça e o Brasil está cheio disso.