quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Por que a casa dos norte-americanos é de madeira? Por que as casas de madeira nos Estados Unidos?


Típica casa da classe média baixa norte-americana.

Há vários motivos pra isso:

O clima: casas de madeira são mais fáceis de aquecer no inverno rigoroso da América do Norte e também são mais frescas no verão da América do Norte – Sim, são muito melhores. À noite uma casa de madeira fica mais fresca no verão do que uma casa de alvenaria (tijolo, pedra e cimento), contudo ela não retém tanto o frio como uma casa de alvenaria, por isso casas de alvenaria com laje são ótimas para se ter ar-condicionado na função frio. O oposto ocorre com a casa de madeira, onde os aquecedores funcionam melhor por conta da madeira. A madeira por si só é uma condutora de calor, pois a madeira não pega fogo? Pois então. A madeira aquece melhor. Contudo a madeira esfria mais rápido que o tijolo! Então mesmo no Brasil a vantagem é fazer uma casa de madeira, pois ela é quente no inverno e fria no verão. A única vantagem térmica do tijolo e da laje está na conservação do frio, sendo ótimos para ambientes muito quentes. Contudo a maioria das casas no Brasil tem as paredes de alvenaria e o teto de madeira e de telha ou zinco o que é incrivelmente idiota!

São mais baratas e por ser a matéria prima abundante no local – No Brasil a quantidade de argila é maior que nos EUA, e a madeira é de pior qualidade aqui do que lá. Então fica mais fácil para os norte-americanos fazerem casas de madeira do que de tijolos. A matéria prima é a responsável pela construção, é como as casas de madeira de ribeirinhos descendentes de indígenas na Amazônia.

São mais fáceis de se construir – Além de ser mais baratas, as casas de madeira são mais fáceis de serem construídas.

As casas já vem prontas – Se você não quer gastar tempo e dinheiro com plantas, projetos e com mão de obra especializada. Basta você ir até uma construtora especializada nisso, escolher o tipo de casa que quer, a cor e outras opções e eles trazem sua casa em partes e montam ela no seu terreno sem problema nenhum rapidamente e sem dores de cabeça.


As casas podem ser deslocadas - Digamos que você cansou de morar em determinado lugar ou um tornado está vindo na direção onde você mora, basta pegar um caminhão especial de deslocamento de casa e se mudar! As casas norte-americanas de madeira podem ser carregadas (nos Estados Unidos esse processo de transporte de casa é chamado de house transport). No RS (estado onde vivo) existe algo semelhante na zona rural, casas bolantes (chamadas no RS apenas de bolantes, ou no português mais correto: casa volante). Essas casas são usadas na zona rural para cuidar o gado ou a plantação. As bolantes servem principalmente de moradia para os peões (cuidadores de gado e plantação de grandes proprietários de terra), mas também são usadas por famílias onde a renda familiar provém apenas do campo. 

Casa sendo transportada nos Estados Unidos.



Não vamos muito longe, aqui no RS acontece algo parecido sim (Olhe o vídeo).

Por causa dos tornados – Um dos grandes motivos para se ter casas de madeira nos Estados Unidos são os tornados. Digamos que um enorme tornado venha em direção à uma casa de madeira e não dá tempo de deslocá-la, o jeito é se esconder no porão da casa ou abandoná-la, contudo a perda não será tão grande, pois são mais baratas e fáceis de se construir que uma casa de alvenaria.

Terremotos – As casas de madeira resistem melhor a terremotos que casas de alvenaria. Se ocorrer um terremoto uma casa de alvenaria irá rachar e uma de madeira no máximo ficará um pouco frouxa, mas isso se for construída com desleixo. Se for bem construída e com técnicas modernas a casa de madeira será tão resistente e melhor que nem os cupins chegarão perto dela.

Manutenção – Se um cano estourar, a fiação elétrica der problema ou a parede começar a rachar e ruir numa casa de alvenaria você terá que quebrar a parede e isso além de sujar a sua casa por conta do pó do cimento, gastará bem mais com um pedreiro e eletricista do que simplesmente abrindo a parede e vendo o problema. A manutenção de uma casa de madeira é bem melhor, além de ser mais barata, do que uma casa de alvenaria.

Casas de madeira é idéia de gente inteligente! – Sim, há mais vantagens do que desvantagens na construção de casas de madeira do que de alvenaria. Por isso o desenvolvimento nos Estados Unidos, eles poupam dinheiro e gastam naquilo que é mais necessário e útil.

Curiosidades:

* Boa parte da classe média possui casas de madeira.

* Uma boa parcela da população tem casas com dois ou mais andares.

* É comum ter na verdade 4 andares: o porão (onde se guardam ferramentas e às vezes onde fica a lavanderia), o primeiro piso (onde fica a sala, a cozinha, o banheiro...), o segundo piso (onde ficam os quartos, uma sala acima e mais um banheiro) e o sótão (onde guardam papeis antigos e coisas mais leves que ferramentas, como documentos, álbuns de fotos e objetos que não são mais usados, mas que tem utilidade).

* O porão surgiu, sobretudo, por causa dos tornados, onde quando viria um tornado muito forte, a família podia se esconder no porão, já que a casa seria levada ou destruída pelo tornado.

* Os banheiros das casas tem na sua maioria uma banheira debaixo do chuveiro, por conta da higiene e pra não alagar o banheiro. E sendo a casa de madeira, evitar que a água caia no chão é essencial!

* O uso de carpete em muitas casas é muito comum, por conta do frio dos rigorosos invernos.

* Algumas paredes também são revestidas de cimento e o papel de parede é essencial por conta da beleza e por causa do frio.

* Por conta da crescente populacional nos Estados Unidos obrigou parte da população a fazer suas casas de madeira em dois andares, pois assim teriam mais espaço no fundo e na frente da casa. Contudo acredita-se que é uma tradição antiga onde acredita-se que dormir num lugar alto, os mantém a salvo do perigo, por isso os quartos são sempre no segundo piso. J

* Boa parte das pessoas tem máquinas de lavar roupas e secadoras de roupas, pois os varais ocupam muito espaço e atrapalham um tradicional churrasco de família no quintal no Domingo norte-americano (aquela velha história da falta de espaço).

* As casas da classe média norte-americana são desprotegidas, muitos deixam as portas destrancadas e suas janelas e portas são fáceis de serem arrombadas comparadas as latino-americanas (nós brasileiros por exemplo); porque a maioria das pessoas tem armas em casa, nos EUA arma de fogo é um direito do cidadão de se proteger, isso provém da cultura germânica onde cada família tinha uma arma para caçar e se proteger e também sobretudo pelo quadro histórico de independência dos norte-americanos, onde civis pegaram em armas e lutaram contra o domínio inglês. As leis de proteção também são mais poderosas e austeras que no Brasil, os roubos são punidos mais duramente do que no Brasil e nos EUA há pena de morte para crimes graves.



Desvantagens das casas de madeira

A madeira tem que ser trocada de década em década – Isso depende da qualidade da madeira e do que foi usado para conservá-la, se foi verniz ou outro produto para se evitar cupins, água e outros problemas naturais. Dependendo do que foi usado para conservar a madeira da casa, uma simples substituição de algumas madeiras, uma nova pintura e readequação de verniz já basta pra reforma.
 
Pegam fogo mais rapidamente e não sobra nada – Se uma casa de alvenaria pegar fogo será mais fácil de se apagar, além de sobrar muita coisa, contudo isso vai depender da qualidade da alvenaria também. Mas na madeira pode se usar algum produto anti-fogo ou se ter extintores de incêndio para o caso de um azar. Contudo nos Estados Unidos os bombeiros são bem eficientes e em maior número que no Brasil, porque lá as casas são em sua grande maioria de madeira e todo o cuidado é pouco.

São propensas a cupins – Embora existam novas tecnologias e meios que tornem a madeira mais resistente ao clima e aos cupins, mesmo assim é um risco a se avaliar. Hoje é difícil uma casa de madeira de ter cupins do que antigamente, pois hoje existem venenos contra essas pragas e materiais que tornam a madeira mais resistente aos cupins.

São mais propensas a outras pragas – Ratos, baratas, aranhas e por aí vai. Casas de madeira atraem desde passarinhos inofensivos a até barbeiros (tripanossomíase americana). Então tem que se gastar mais com inseticidas e serviços de controle de pragas.

São mais frágeis – Pegue um machado e arrombe com facilidade uma casa de madeira. Elas são bem mais frágeis e mais fáceis de serem arrombadas do que uma casa de alvenaria que exigiria uma marreta pra derrubar uma parede. Contudo se você mora nos Estados Unidos terá uma boa arma pra se defender do ladrão e não será preso por isso, pois lá é legitima defesa, bem diferente daqui.

Por que que os brasileiros não tem casas de madeira? Ou não copiam os norte-americanos?

Burrice talvez?

* Climaticamente a casa de madeira é superior: fria no verão e quente no inverno;

* É mais fácil de fazer;

* É mais barata de fazer;

* É mais fácil de se consertar;

* Pode ser transportada;

* São casas ecológicas se comparadas com as de alvenaria e por aí vai...


Por que os brasileiros não usam mais casas de madeira?

Pois é, antigamente se usava muito e agora caiu em desuso. A explicação estaria na maior higiene que casas de alvenaria trazem, em relação aos ratos, baratas, cupins e até o temido barbeiro (causador da doença de chagas). 

Alguns acreditam que é da natureza dos latino-americanos serem relaxados e desorganizados, portanto casas de madeira no Brasil são inviáveis!

Nos Estados Unidos a maioria das casas são organizadas e higiênicas, assim como cidades e a própria lei que não pune o uso de armas de fogo.

O Brasil tem uma problemática terrível que começa no poder errôneo da burocracia e termina nas favelas!

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Por que os orientais são tão inteligentes? A alimentação dos orientais pode ser o segredo de sua inteligência!

Na imagem pratos típicos da comida japonesa.

Volta e meia vemos na televisão sobre a alta qualidade de vida que se tem em países orientais, sobretudo a China e o Japão. Os chineses e japoneses vivem muito e vivem bem e sua alimentação é excelente!
 
Chineses e japoneses possuem uma dieta rica em peixe cru (ricos em ômega 3) e legumes e tem os melhores QIs no mundo e empatam com os judeus que NÃO COMEM CARNE DE PORCO QUE É RICA EM ÁCIDOS, E É MAIS NOCIVA DO QUE BENIGNA. 

A gordura por si só é mais maligna do que benigna, as utilidades da gordura no organismo são poucas como: dar energia ao corpo, isolante térmico e como auxiliadora na síntese de algumas vitaminas.

O chocolate amargo, azeite de oliva, ômega 3 e o vinho de boa qualidade são ricos em flavonóides e limpam o sangue das gorduras ruins e estimulam o sangue para que bombeie de forma mais rápida.

Toda a gordura, sal e açúcar em excesso no organismo são prejudiciais, e não prejudica apenas a saúde física, como a mental. A bebida alcoólica mesmo diminui drasticamente o QI (Quociente de Inteligência), assim como qualquer outra droga.

Seria a alimentação dos orientais e os bons hábitos de vida o segredo da alta inteligência deles?

Memeticamente e geneticamente eram para os orientais serem muito atrasados, pois na influência dos memes usam ideogramas como escrita, usam dois palitinhos para comer e tem uma mitologia fraca comparada a do ocidente; geneticamente não são mestiços como os europeus, então observamos duas coisas nos orientais: A MEMÉTICA FRACA (por conta do uso ainda de palitinhos, ideogramas...) e O ISOLAMENTO GENÉTICO E GEOGRÁFICO.

O Japão mesmo se isolou durante muito tempo do resto do mundo e mesmo assim não se tornaram atrasados tecnologicamente.

Há duas principais teorias que podem explicar a inteligência dos orientais:

Os ideogramas estimulam a memória – a escrita por ideogramas fazem os orientais terem uma memória melhor, uma inteligência de outro nível, contudo isso os deixa menos criativos e mais robôs, a China é um exemplo notável de como as pessoas são tratadas, como robôs. 

A alimentação dos orientais – os orientais realmente se alimentam bem, peixe cru e legumes são iguarias e fazem um bem danado à saúde.

Pode haver mais explicações para isso.

Os ocidentais são mais inteligentes?

Nem os ocidentais são mais inteligentes e nem os orientais são mais inteligentes que os ocidentais. Generalizar é um erro crônico!
O que notamos é uma diferença de culturas. Sabe-se que o isolamento genético ou geográfico pode deixar um povo atrasado, como os ameríndios, subsaarianos e outros povos insulares (polinésios...).

A China nada seria sem a influência da Índia, e de outros lugares próximos e vice-versa, notamos que as nações, assim como as pessoas, compartilham seu saber a respeito sobre o que descobriram e assim as grandes invenções surgem.
Que o diga a famosa e histórica rota da seda que ligou os mercadores ocidentais e árabes à Índia e China!

Mas então quem come no Mc Donald’s é realmente burro?

Não se sabe se é a alimentação que deixa as pessoas mais inteligentes, ou são as pessoas mais inteligentes que por quererem cuidar da saúde acabam se alimentando melhor. Sabe-se que os vegetarianos são mais inteligentes que os carnívoros, mas o porquê ainda não ficou claro!

Então pode ser que os orientais por si só sejam inteligentes e por isso se alimentam bem!

É uma possibilidade!

: )



quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Deficiência de vitamina D e a perna quebrada de Anderson Silva, entenda!

 
Apesar de ter sido grave a lesão, os internautas mais zoeiros não perdoaram nas redes sociais. kkkkk



Chris Weidman versus Anderson Silva na final do UFC, onde Anderson Silva quebrou a canela.



Sou fã de Anderson Silva, da sua filosofia, coragem e dedicação, portanto o que digo não é uma crítica, é uma explicação de um cientista de nutrição, que todos os atletas do UFC precisam ouvir:



Como muitos lutadores do UFC, sua pele tem a pigmentação escura, e poucos sabem que a pigmentação escura interfere na criação da vitamina D induzida pelos raios ultravioletas da luz solar. A pele escura é um protetor solar biológico que bloqueia a radiação de UV, uma característica adquirida pelos povos originários de áreas localizadas geograficamente próximas ao Equador, onde a luz solar possui muito mais intensidade.



Como resultado, quase todas as pessoas de pele escura sofrem da deficiência crônica de vitamina D, especialmente aquelas que passam longo tempo em ambiente coberto como academias, escritórios, etc. Essa deficiência é responsável pelo enfraquecimento dos ossos, pois reduz a absorção e transformação do cálcio, estrôncio e outros micro-elementos da nossa dieta que formam o esqueleto humano. Por isso, todos aqueles com baixo nível de vitamina D possuem ossos com baixa densidade mesmo com dieta suplementar, que, geralmente, fornecem uma quantidade muito aquém do necessário para suportar a densidade desejada.



Mas, Anderson Silva tirou proveito dessa sua característica. O fato de ter ossos mais leves, ele compensou com uma musculatura muito forte e pôde atuar em uma categoria mais leve. A combinação dessa musculatura com longas pernas e braços deu-lhe enorme vantagem tática no ringue. Sua excelente envergadura para a categoria foi um forte handicap para se manter invencível por um longo tempo.



Um chute errado e a carreira pode chegar ao fim. Foi o que vimos na luta, os ossos de sua canela foram, literalmente, divididos em partes. Provavelmente, o nosso Spyder nunca mais volte a lutar profissionalmente, o que é uma grande tristeza, pois trata-se de um atleta “fora de série”.



Adaptação para o português: http://jornalggn.com.br/noticia/deficiencia-de-vitamina-d-e-a-perna-quebrada-de-anderson-silva